sociais

logos

Cresce Brasil

Em solenidade realizada na tarde de segunda-feira, 17/6, a FNE, com o apoio da Mútua e do Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp), lançou a nova edição do projeto "Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento", intitulada “Engenharia de Manutenção”. A atividade aconteceu na sede do sindicato, na capital paulista.

O presidente da FNE e do SEESP, Murilo Pinheiro, classificou o projeto como sendo a contribuição da engenharia para um Brasil melhor. “E isso significa discutir, apresentar propostas, participar efetivamente das questões da sociedade brasileira”, afirmou na abertura do evento. O projeto é resultado do debate realizado no SEESP em abril último, que abordou a situação de pontes, viadutos, barragens e a conservação das cidades e compila, em artigos técnicos, análises e sugestões de melhorias.

Murilo Pinheiro reforçou a importância da engenharia de manutenção, tema da nova edição da revista Cresce Brasil.Murilo Pinheiro reforçou a importância da engenharia de manutenção, tema da nova edição da revista Cresce Brasil.

Murilo deu ênfase à criação de uma secretaria de engenharia de manutenção, ou órgão responsável pela área, em todas as esferas de governo, uma das propostas centrais do projeto. A ação visa buscar o protagonismo da engenharia na discussão técnica qualificada além de trazer segurança a toda sociedade, tendo visto os recentes acidentes ocasionados pela falta ou má gestão em manutenção preventiva.

“(A secretaria) teria responsabilidade de cada uma das obras de arte; então teríamos uma inspeção periódica e a condição de uma manutenção que gastaria em torno de apenas 5% do que foi utilizado na interdição do viaduto na Dutra”, exemplificou o presidente mencionando a obra de reparo emergencial realizada em novembro último, na Rodovia Presidente Dutra.

O engenheiro propôs ainda que o projeto Cresce Brasil – Engenharia de Manutenção seja lançado em cada estado do País, por meio dos sindicatos componentes da FNE e da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge), representada pelo vice-presidente da instituição, Ubiratan Felix Pereira dos Santos, o Bira. “Vamos discutir com os secretários, prefeitos e governadores a engenharia de manutenção (...) Vamos apresentar aos executivos que é possível fazer um trabalho mais eficiente e eficaz”, atestou Murilo.

Lançamento do Cresce Brasil com foco na Engenharia de ManutençãoLançamento do Cresce Brasil com foco na Engenharia de Manutenção

Participaram do evento  o coordenador do Cresce Brasil, Fernando Palmezan, o coordenador da consultoria técnica da revista, Carlos Saboia Monte, o consultor e organizador do projeto, Artur Araújo, e o consultor e engenheiro da Prefeitura Municipal de São Paulo, Carlos Eduardo de Lacerda e Silva. Também Antonio Florentino de Souza Filho, vice-presidente da FNE, Modesto Ferreira dos Santos Filho, diretor da regional Nordeste da FNE e Marcos Camoeiras Marques, diretor da regional Norte; Paulo Guimaraes, diretor-presidente da Mútua, Fátima Có, presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Distrito Federal (Crea-DF), Carlos Eduardo de Vilhena Paiva, representando o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), Ciro Araújo, chefe da Seção de Engenharia de Estruturas do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), Fernando Mentone, presidente da regional São Paulo do Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco) e Paulo José Galli, secretário estadual executivo dos Transportes Metropolitanos.

Souza Filho ressaltou o oportuno momento em que o projeto é lançado, no qual a engenharia precisa resgatar o papel de provedora do desenvolvimento nacional ao mesmo tempo em que as entidades representativas dos profissionais da área sofrem duros ataques. “Já passamos por muitas crises e a FNE está aqui, de novo, apresentando propostas”, salientou o vice-presidente, fazendo menção as edições anteriores do Cresce Brasil, projeto que existe desde 2006.

Guimaraes parabenizou a iniciativa da FNE e reforçou a importância em apoiar projetos como o Cresce Brasil, estimulando a engenharia de manutenção para que “também a engenharia como um todo seja respeitada”, externou.

A nova edição do projeto Cresce Brasil +Engenharia +Desenvolvimento – Engenharia de Manutenção está disponível na íntegra para download clicando aqui.

Jéssica Silva - Comunicação Seesp

Comentários   

#5 Luiz Hosokawa 20-06-2019 21:51
Discordo totalmente
Citar
#4 Marina M. Kakizaki S 20-06-2019 21:16
Discordo totalmente. É preciso ter mais respeito por estes profissionais que são a força motriz do desenvolvimento social, economico, ambiental, politico, espacial ...
Citar
#3 Regina Ramos 19-06-2019 18:08
Será que este deputado não tem mais o que fazer? Proponho reduzir o salário dele
Citar
#2 Hamilton Rondon Flan 19-06-2019 17:24
Discordo totalmente
Citar
#1 João Fernando CSilva 19-06-2019 13:04
Discordo totalmente
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

logoMobile