sociais

logos

Cresce Brasil

operadoras ferroviariasVisando a aumentar a participação do modal ferroviário no transporte de cargas, a Santos Port Authority (SPA), autoridade portuária que administra o Porto de Santos, abriu uma consulta pública, pelo prazo de 45 dias, para receber contribuições, subsídios e sugestões para a contratação das atividades de gestão, operação, manutenção e expansão da Ferrovia Interna do Porto de Santos (FIPS), sistema de trilhos que integra a infraestrutura portuária, que pode atrair R$ 2 bilhões em investimentos. 

O modelo proposto pela SPA consolida a dinâmica empregada no contrato vigente (celebrado com a Portofer), com a gestão integrada da FIPS por todos os interessados, autorregulação operacional entre as concessionárias ferroviárias, e rateio de custos e despesas proporcionais à movimentação de carga. 

A autoridade propõe, também, aperfeiçoar o processo de contratação das operadoras ferroviárias, por meio de chamamento público, com fundamento no art. 28, §3º, II, da Lei 13.303/2016, que legitima a dispensa de processo seletivo competitivo quando a oportunidade de negócio puder ser ofertada a todos os interessados. 

Esse modelo viabiliza a promoção de investimentos necessários à expansão da capacidade ferroviária, em vista ao aumento de demanda previsto para curto prazo, agravado por um cenário de saturação iminente - com oferta para 50 milhões de toneladas, a FIPS movimenta hoje 45 milhões de toneladas. O Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) do Porto prevê aumento de 91% na movimentação ferroviária até 2040, para 86 milhões de toneladas por ano. 

Acesse a consulta pública

Governo do Brasil
Com informações do Ministério de Infraestrutura

Foto: SPA

Adicionar comentário


logoMobile