sociais

logos

Cresce Brasil

O Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), mantido pelo Seesp e apoiado pela FNE, sediará o seminário "Educação Empreendedora e Novas Diretrizes Curriculares em Engenharia", no dia 19 de março próximo.

A atividade é uma realização da Associação Brasileira de Educação em Engenharia (Abenge). O diretor de graduação do instituto, José Marques Póvoa, destaca a importância do evento à engenharia nacional, porque “na proposta das novas diretrizes curriculares a formação empreendedora será indispensável”. Ele prossegue: “Todos os cursos da área terão que se adequar para atender a essas condutas, sendo uma dessas fazer com que o profissional atue em todo o "ciclo de vida" e contexto do empreendimento, inclusive na sua gestão e manutenção.”

Nesse sentido, observa o professor, o Isitec pode se tornar um “modelo para outros cursos uma vez que já fomos criados com essa visão”. E explica: “No nosso curso de Engenharia de Inovação, pioneiro no País, temos sete disciplinas, como momentos de discussão, sobre empreendedorismo/design/inovação​.”

O seminário da Abenge tratará, entre outros temas, de políticas públicas e privadas para a educação empreendedora em engenharia, lançando perspectivas e discutindo relatos de casos. “A proposta para as novas diretrizes foca em um perfil desejado do engenheiro para o século XXI, uma das premissas para criar o Isitec e a graduação em Engenharia de Inovação”, exalta Póvoa.

O seminário será das 8h às 19h, na sede do Isitec, na Rua Martiniano de Carvalho, 170, no bairro Bela Vista, na capital paulista. Confira aqui a programação preliminar.

Rosângela Ribeiro Gil - Jornal do Engenheiro

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

logoMobile