sociais

logos

Cresce Brasil

A proposta de emenda à MP 785/2017, que altera o projeto original da Unila, está movimentando não apenas a comunidade universitária, mas também a sociedade civil organizada, instituições públicas e privadas, nacionais e internacionais. Além das mais de 90 manifestações formais de apoio endereçadas à Universidade, os legislativos federal, estadual e municipal estão se mobilizando para discutir a situação da Unila, através de audiências públicas que serão realizadas em Brasília e em Foz do Iguaçu.

Brasília

Nesta terça-feira (15), foi realizada uma audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, no Senado Federal, em Brasília, às 9h. A iniciativa, encaminhada pelo senador Paulo Paim, têve como objetivo debater “a situação financeira da Unila, da Universidade Federal da Integração Luso-Afro-Brasileira (Unilab) e dos Institutos Federais do Brasil”. A audiência foi interativa, com a possibilidade de participação  por meio do Portal e-Cidadania.

Participaram o reitor Gustavo Oliveira Vieira e representantes sindicais – das categorias docente e dos técnico-administrativos de várias universidades –, estudantes e autoridades, além de representantes de ministérios e outras entidades de governo e também não governamentais.

Na quarta-feira (16) –, o debate ocorreu no Parlamento do Mercosul (Parlasul), que é vinculado à Câmara dos Deputados. A audiência foi proposta pelo atual presidente do Parlasul, deputado Arlindo Chinaglia, visando discutir o protagonismo da Instituição não apenas no âmbito nacional, mas no Mercosul. Participaram representantes dos ministérios da Educação (MEC), das Relações Exteriores (MRE), do poder público de Foz do Iguaçu, Reitoria da Unila, parlamentares paranaenses e outros deputados que compõem a Representação Brasileira no Parlasul.

Foz do Iguaçu

Uma audiência pública sobre a Unila será realizada pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), em parceria com a Câmara Municipal de Foz (CMFI), na quinta-feira (17), às 19h, na sede da CMFI – Travessa Oscar Muxfeldt, 81, Centro. Na semana passada, sete dos 15 vereadores iguaçuenses já estiveram na UNILA para conhecer melhor a realidade da Universidade e obter informações mais precisas para o momento da audiência pública.

Além disso, o diplomata Celso Amorim, que já foi ministro da Defesa e das Relações Exteriores, visitará a Universidade na semana que vem, para proferir uma Conferência em Defesa da Unila. A atividade está marcada para a próxima segunda-feira (21), às 19h, no auditório do Jardim Universitário – Avenida Tarquínio Joslin dos Santos, 1000.

Outras atividades estão sendo divulgadas pelo movimento Unila Resiste e pela reitoria.

Informações: Unila

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

logoMobile