sociais

logos

Cresce Brasil

Nesta edição, Engenheiro coloca em pauta a importância da unidade e combatividade sindical para enfrentar desafios atuais no País.

Afirmo sem receio de errar que a década de 2010 a 2020 vai ficar marcada na história como a mais conturbada e desastrosa para a área política, para o trabalho e, sobretudo, para a engenharia nacional. No campo político, presenciamos tudo o que se podia imaginar: queda de uma presidente eleita, ascensão de um governo sem legitimidade popular, tramas das mais horripilantes; um cenário onde a maioria esmagadora está envolvida com corrupção e/ou respondendo por graves denúncias.

Os caminhos para se chegar ao Bicentenário da Independência, em 2022, com empregos decentes e desenvolvimento sustentável estiveram em debate durante a 11ª Jornada Brasil Inteligente, promovida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU) em 18 de agosto, na cidade de São Paulo.

Cerca de 100 milhões de brasileiros vivem em imóveis urbanos irregulares. Essas unidades habitacionais correspondem a mais da metade do total existente no País.

A FNE reuniu especialistas em 4 de agosto último, na capital paulista, no seminário “Inovação, segurança alimentar e logística”.

Rio Grande do Sul, Pará, Piauí e Ceará.

Em novembro próximo entra em vigor a lei que implanta a reforma trabalhista (nº 13.467/2017), aprovada sob protestos do movimento sindical. Até lá, as entidades devem se preparar para atuar de forma ainda mais combativa. É o que avalia a desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-SP) da 2ª Região Ivani Contini Bramante.

O veículo autônomo vem sendo objeto de pesquisa em países como China, Japão, Alemanha e Estados Unidos, onde gigantes da tecnologia, como Google e Tesla, já estão com seus produtos literalmente na estrada, em teste ou já em fase de comercialização.

 

MaringoniMaringoni

logoMobile