sociais

logos

Cresce Brasil

  • Página Principal
  • Artigos
  • Palavra do Murilo - Eleições Confea/Crea: vamos votar pela saúde do nosso sistema profissional

Nesta quinta-feira (1º/10) é dia de comparecer às urnas para escolher os presidentes dos conselhos Federal e Regionais de Engenharia e Agronomia. Tomando todo cuidado sanitário, vamos participar efetivamente dos rumos da instituição que rege o nosso ofício.

PalavraMurilo2909 quadrada

Nesta quinta-feira (1º/10), todos nós, profissionais ligados ao Sistema Confea/Crea e Mútua, temos um compromisso fundamental: votar para escolher aqueles que vão presidir o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e os Conselhos Regionais (Creas) em cada estado e no Distrito Federal, além das diretorias da Mútua – Caixa de Assistência.

Já há muito tempo, a FNE e seus sindicatos filiados, entre eles o Seesp, vêm defendendo que esse processo seja realizado pela internet – de forma segura e transparente – para que seja possível a mais ampla participação dos profissionais em todo o Brasil. Neste ano, particularmente, em que vivemos uma pandemia ainda fora de controle, propusemos aos órgãos responsáveis e pleiteamos inclusive à Justiça para que fosse possível o voto a distância como forma de garantir a saúde de todos os envolvidos. Infelizmente, a proposta não prosperou e teremos que nos dirigir às urnas fisicamente para exercer o nosso direito de escolher os dirigentes do nosso sistema. Assim, obedecendo a todos os protocolos de segurança e higiene, é fundamental que façamos esse esforço.

Tradicionalmente, as eleições Confea/Crea têm baixa participação, ficando em cerca de 6% dos aptos a votar.  Isso se dá por diversos motivos que vão desde a dificuldade de comparecimento gerada pelo modelo antiquado adotado ao desinteresse dos profissionais pelo sistema, tendo em vista a ausência deste em suas vidas. No cenário atual, com o temor em relação à Covid-19, a abstenção pode ser ainda maior.

Contudo, e apesar de todos problemas, é fundamental que tenhamos a consciência da importância da nossa presença efetiva neste momento de decisão dos rumos dessa instituição que, por mais distante que possa parecer, regula e fiscaliza as profissões da área tecnológica. Ou seja, define os rumos do nosso ofício. Ainda, é o Sistema Confea/Crea que teria a condição de, fazendo valer o seu papel, zelar pelas atribuições das diversas categorias e modalidades, evitando conflitos desnecessários e desgastantes e assegurando mercado aos quadros técnicos realmente aptos às atividades.

Essa função de interesse dos profissionais, mas também de toda a sociedade, é fundamental e deve ser desenvolvida com seriedade e atualidade, pois é preciso que o nosso sistema acompanhe a evolução permanente da tecnologia que tem impacto direto sobre as nossas carreiras.

Também no contexto da constante evolução de processos e ferramentas, o Sistema Confea/Crea, que arrecada verba vultosa com a contribuição de todos nós, pode ter papel muito relevante em assegurar qualificação aos profissionais. Mais uma vez, agir nessa direção seria atuar em prol dos engenheiros e demais categorias abrangidas, da sociedade e do desenvolvimento nacional.

Embora historicamente restritas a um grupo relativamente pequeno, vemos que as eleições Confea/Crea têm enorme importância. Portanto, vamos todos fazer a nossa parte por um sistema que esteja à altura das nossas profissões. Vamos escolher os candidatos nos quais confiamos e que julgamos capazes de cumprir a tarefa que se coloca. Vamos votar pela saúde do nosso sistema para que ele tenha condições de atuar como desejamos e precisamos.

Murilo Pinheiro
Presidente

Adicionar comentário


logoMobile